Feira de animais é reaberta com reforço de medidas de prevenção ao covid-19, em Arapiraca.

Para liberar a realização, a Prefeitura estabeleceu regras para os feirantes.

Por Ranjelio 13/10/2020 - 18:08 hs
Foto: Assessoria

Foi retomada nesta terça-feira, 13, a Feira de Animais de Arapiraca. A reabertura da feira faz parte da retomada gradual das atividades econômicas do município durante a pandemia de Covid-19.

A feira foi retomada reforçando as medidas de prevenção ao vírus, com o acompanhamento da Secretaria de Desenvolvimento Rural, com apoio da Secretaria de Saúde e Serviços Públicos.

Para liberar a realização, a Prefeitura estabeleceu regras para os feirantes. Além do uso obrigatório de máscara e de material de higienização, deve ser respeitado o distanciamento. Uma equipe da Saúde distribuiu máscaras de proteção, álcool em gel e orientações aos presentes no local.

“A retomada da feira de animais é um passo importante para Arapiraca, principalmente para o homem do campo, que necessita negociar seus animais. Por isso, estivemos acompanhando a ação preventiva realizada pelas secretarias de Desenvolvimento Rural, Saúde, a Adeal e com apoio dos seguranças municipais. Aos feirantes, pedimos que redobrem os cuidados nas próximas feiras para evitar contaminação”, destacou o secretário Antônio Carilo.

Acompanhado de sua equipe, o diretor presidente da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal), Isaac Albuquerque, esteve garantindo que estava tudo seguro para os feirantes e clientes e também passou algumas orientações.

"Com essas medidas, além de garantir mais segurança a todos, a gente se sente mais protegido também. Essa foi a primeira feira do município após 6 meses de suspensão devido à pandemia e foi um momento difícil para todos, mas é necessário que os cuidados sejam realizados", disse o presidente da Adeal.

"Hoje vim vender alguns garrotes e estou muito feliz em ver que tem máscaras, álcool em gel pra todo mundo e ainda mais satisfeito com a volta da feira. Acredito que é possível manter a feira em funcionamento, dentro da normalidade, se todos respeitarem", declarou o feirante de Campo Grande, João dos Santos.